Como contrariar os elementos


Sim. Está a chover. E sim. Era suposto estar sol e calor. O que é que se pode fazer quanto a isso? Nada. Mas nós podemos mesmo ser superiores a todos os factores externos.
Então, num dia de chuva, quando se chega a casa devemos fazer o quê? Resignarmo-nos. Aceitarmos. Vestir uma roupa confortável e "hibernarmos". Bem...não. Eu procuro sempre a celebração dos dias. E hoje o meu dia foi "salvo" por algo que queria experimentar há algum tempo: a junção de um chutney de pimentos doces com camembert. Para isso, bastou cortar algumas fatias de camembert, relativamente generosas. E depois cortar pequenos cubos de pimentos doces, juntar duas colheres de açúcar mascavado, um fio de vinagre balsâmico e um pouco de "colheita tardia". E levar ao lume, até que fique denso. Sem caramelizar demasiado. Entretanto, o queijo deve ir ao forno para gratinar ligeiramente. Serve-se logo, com tostas bem finas. Uma óptima maneira de esperar pelo jantar, num dia de chuva.

E hoje a banda sonora não foi nostálgica, nem melancólica, nem tranquila. Massive Attack. Tudo de Massive Attack. A chuva ficou lá fora.

3 comentários:

  1. O sorriso é por causa dos Massive Attack? Ou pelas minhas tentativas de ser maior do que a chuva?
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Both...
    (E não será um sol esplendoroso sempre maior do que a chuva?!) ^__^

    ResponderEliminar

AddThis